domingo, 7 de junho de 2009

A MELHOR NOITE (SO FAR)


Segundo os comentários, na quinta passada fizemos nossa melhor apresentação de "Carícias". E acho que foi mesmo. Na coxia, antes de entrar em cena (entro mais ou menos na metade da peça), já percebia uma energia diferente, desde a primeira fala. E foi assim até o final. O Roberto Alvim, diretor da montagem, foi ao camarim depois da apresentação e disse ter gostado muito. É um ótimo "feedback", porque ele próprio vinha pedindo mais atenção ao ritmo da peça. Acho que desta vez foi na medida. Estamos todos muito felizes. Na foto acima, Fernanda Valencio e eu, na nossa cena. Gosto muito de contracenar com ela. Acho que estamos adquirindo uma intimidade cênica bem interessante. Somos pai e filha tentando acertar nossas contas. Mas não adianta. O desprezo é mútuo. O que tinha que ser estragado já foi. Não há conserto. Disse e repito: "Carícias" é sobre nós.

2 comentários:

André Santana. disse...

Caralha, tenho que ver logo esse negócio; mesmo que seja no dia 25 - no último dia, não?

Paulo Cunha disse...

Tem mais duas chances, meu caro.